Pesquisar este blog

domingo, fevereiro 15, 2009

Você já estão atrasados, moleques...


Para os místicos, o último sábado (dia do desfile da BICA) marcou o inicio de um novo período para a humanidade. Em 14 de fevereiro de 2009 – eu estava me recuperando de um porre desgraçado, não lembro direito – começou a era de Aquário – que rege, além do amor e da paz, a liberdade e as mudanças.

Sim, brothers and sisters, antigas civilizações descobriram que a posição da Terra em relação à Via Láctea muda lentamente. A cada dois mil anos, uma nova constelação aparece no horizonte, no primeiro dia da primavera do hemisfério norte.

Por dois milênios, essa constelação rege uma era astrológica, na qual predomina uma nova civilização.

A era de Gêmeos foi a da invenção da escrita; a era de Touro, a do antigo Egito; a de Áries, a da Grécia Antiga e a de Peixes, a do Cristianismo. Agora, nós estaríamos entrando numa nova era, a era de Aquário – em latim, Aquarius.

Os astrólogos discordam sobre o início da era de Aquarius, mas alguns calcularam a data a partir dos versos que abrem a canção mais famosa sobre a nova era, que faz parte do musical Hair. Eles concluíram que, pela configuração dos astros, Aquarius começou neste sábado, 14 de fevereiro de 2009 (e o bonitinho aqui, cagando...).

O filme dos anos 70 e a nova montagem do musical Hair, que está em ensaios e estreia em março na Broadway, começam com a profecia: "Quando a lua estiver na sétima casa e Júpiter alinhado a Marte, a paz guiará os planetas e o amor governará as estrelas".

Aquário rege, além de paz e amor, a tecnologia da informação, a liberdade e a mudança. Será o fim do autoritarismo da era de Peixes.

A diretora da nova montagem do musical, Diane Paulus, diz que gostaria de ter sido adolescente nos anos 60, quando a era de Aquário tinha um sentido coletivo, de união.

Para a cantora Sasha Allen, que encabeça o elenco, a canção faz a gente se sentir em comunhão com o universo.

Para quem não sabe de que merda estou falando, sente a bunda na cadeira, acenda o incenso, inspire profundamente e se posicione na flor de lótus. Aí clique aqui para ver um pedaço do filme “Hair” legendado.

Antes que a gente esqueça: o nome da banda que tocava originalmente essa parada da nova era - ou novo aeon, pra gente se lembrar do Raul Seixas - se chamava 5ª Dimensão. De leve.

3 comentários:

Shine disse...

hummmm!
Vou comprar insensos de sândalo!
Com tudo o que tá acontecendo nessa terrinha, acendo até meu dedo!

Astrid disse...

Qual é o problema com peixes??!!
Voce nao imagina o inferno que é aquario :)
Preciso ler voce com mais frequencia.
:)

Jersey Nazareno disse...

Caro Simão, aquela historinha contada pelo Orlando até que é boa, só não aceitei muito a palavra "inocente", pois sempre soube da pegadinha do Armando. Aliás, eu sempre incentivei o portuga nesse brincadeira. Abraços. O BLOG tá bom.