Pesquisar este blog

quinta-feira, fevereiro 04, 2010

Nesse carnaval, o grande must será a pintura corporal radical. E aí, icamiabas, vão encarar?









Um comentário:

Erika disse...

Leio sempre seu blog!
Gosto principalmente dos posts que relembram os carnavais antigos e chamo sempre minha mãe pra ler..
Estou lendo o livro do Mário Adolfo e fico feliz de poder 'imaginar' ou até fantasiar cenas de carnavais passado, até mesmo de antes de eu nascer! E como não ser carnavalesca de berço?! Se minha família já era do tempo de bloco e por pouco eu já não nasci de macacão!
No entanto, ouvi muitas histórias da minha mãe (Suely), do meu pai ( Erivan), dos meus tios (Sérgio e Arlindo) minhas tias(Lucialba e Zoraide) e dos tios por consideração, Tio Sici, Tio Marlon, Tio Antídio.
Li o prefácio do livro escrito por você, estás de parabéns, já sabia que tu és um grande escritor, agora só obtive a confirmação.
Aposto que nenhum dos meus amigos, daqui a 30 anos escreverá sobre algo que vivemos, nem de carnaval, nem de infância, nem nada parecido! Gerações tem mesmo suas diferenças e isso não é tão legal.
Queria eu ter aproveitado a época do carnaval da Djalma Batista..
Fica com Deus, saúde e sucesso!

Érika Mubárac