segunda-feira, fevereiro 21, 2011

Amor de BICA já está na rede


No próximo sábado, a Banda Independente Confraria do Armando (BICA) desfila pelas ruas do centro da cidade pela 25ª vez.

Será a bodas de prata da mais escrachada banda carnavalesca de Manaus.


No dia seguinte, domingo, será a vez da Bhanda da Bhaixa da Hégua desfilar pelas ruas de Educandos pela 21ª vez.

A gostosíssima Hégua da Bhaixa está atingindo a maioridade, mas com um corpinho de 15.

Para festejar os dois eventos, estou disponibilizando na web o livro Amor de BICA (clique aqui), feito a oito mãos por esse escriba, Orlando Farias, Mário Adolfo e Marco Gomes.

Diferente da edição impressa, a versão eletrônica do livro ganhou três novos capítulos falando sobre o nascimento da Banda do Mandy’s Bar, da Banda do Boulevard e da Bhanda da Bhaixa da Hégua, as agremiações pioneiras (junto com a BICA) na revitalização do carnaval de rua amazonense.


O livro está distribuído por capítulos, mostrando o tema da BICA de cada ano e a razão de o referido tema ter sido escolhido.

As músicas também estão lá e, tendo um pouco de paciência com o streaming do site espanhol Goear, dá pra acompanhar as marchinhas a partir das letras abaixo do tocador.

A partir de março, eu, Ary de Castro Filho, José Roberto Pinheiro, Ivan de Oliveira e outros sambistas começaremos a postar material sobre os antigos carnavais da cidade (Baile do Havaí, Saara 40 Graus, Vamos Pegar o Sol com a Mão, Baile da Kamélia, Baile da Jardineira, Baile da Águia, etc) e sobre os desfiles das escolas de samba.

Também vamos relembrar o CarnaIlha de Parintins (via Carlos Paulain e Tadeu de Souza), o carnaval de Itacoatiara (via Teresa Vital e Zé Guedes), o carnaval de Maués (via Soraya McComb e Orlando Tigrão) e o carnaval de Manacapuru (via Ricardo Coutinho e Zé do Bico).

Quer dizer, o blog Amor de BICA (clique aqui) vai ser, assim, uma espécie de memorial do carnaval amazonense de todos os tempos.

Críticas, sugestões e colaborações serão bem vindas pelo email simaopessoa@gmail.com.

No mais, boa viagem, brothers and sisters! Evoé!

Nenhum comentário: