quarta-feira, abril 20, 2011

Causos de Bambas: Joel Silveira


Domingo cedo, o jornalista e escritor Joel Silveira telefona para o arquiteto e escritor Marcos de Vasconcellos, quer companhia para o uísque.

- Não posso, Joel! -, responde o arquiteto. "Tenho um compromisso em Niterói."

Joel, com aquele exagero calmo que era direito seu, merecido, pois morreu na FEB, defendendo a pátria, como ele mesmo dizia, estranhou a viagem:

- Você? Domingo? Niterói? Não combina.

E contou:

- Uma ocasião, fui com o Rubem (Braga) a Petropólis num domingo e lá visitamos o Soares Sampaio, grand seigneur, elegantíssimo, superior. O Rubem, lá pelas tantas, quis dar um passeio pela cidade. Soares Sampaio soterrou-lhe a idéia com uma sentença histórica, proferida com majestade: deixemos o domingo à patuléia.

E concluiu:

- Nada de Niterói! Venha já pra cá!

O arquiteto foi.

Nenhum comentário: