quarta-feira, abril 06, 2011

GRES Reino Unido da Liberdade já está na rede!


Tal como prometido, acabo de colocar um ponto final na história dos Meninos do Morro, contando desde o primeiro desfile, em 1981, ainda como bloco “Reino Unido”, até o carnaval vitorioso deste ano, já consagrada como uma das grandes escolas de samba de nossa história.

São 30 anos de histórias divertidíssimas. Ficou curioso? Clique aqui.

Nas próximas semanas, começo a contar a história do grupo Ases do Pagode, que este ano completa 24 anos de atividades.


Pesou na escolha, claro, o fato de a Layana Pampolha, eterna rainha de bateria do GRES Reino Unido, ser filha do inesquecível Inácio, um dos fundadores do grupo.

Ela e seu irmão, Jorge, participam da atual formação do grupo, que está se apresentando todo os sábados, a partir das 19h, no Solarium Eventos (Rua Rio Javari, 277, canto com a Rio Madeira, em Adrianopólis, a um quarteirão da Esbam).

Dessa maneira, as postagens de abril ficam dedicadas exclusivamente ao Reino Unido da Liberdade e ao grupo Ases do Pagode.

Apesar de ser um trabalho que não conta com nenhum tipo de patrocínio, o objetivo do blog Amor de BICA é ser uma memorabília simples, mas funcional, do carnaval amazonense de todos os tempos.

Em janeiro e fevereiro, contei as histórias das bandas de carnaval (BICA, Mandy’s, Bhaixa da Hégua e Boulevard).

Em março foi a vez dos blocos (Andanças de Ciganos, Sem Compromisso e Reino Unido) que depois se transformaram em escolas de samba, dos grupos pioneiros de pagode (Pró-Álcool, Sambarca Show) e dos carnavais de clubes.


Em maio, começo a contar a história do GRES Vitória Régia e tentarei recuperar alguma coisa da Escola Mixta da Praça 14, a primeira grande escola de samba da cidade.

Também tentarei dar uma explicação sociológica para o fato de a Zona Centro Sul ter se transformado no berço do samba em nossa cidade.

Sugestões e críticas são bem vindas pelo e-mail simaopessoa@gmail.com.

Por enquanto, é isso aí!

Nenhum comentário: