sexta-feira, abril 08, 2011

Informativo do Projeto Cultural Uakti


A cada semana Manaus nos surpreende com a quantidade e a qualidade de espetáculos de alto nível, a maioria da iniciativa de particulares, de gente que quer fazer, mostrar seus trabalhos, sua arte.

Assim, está ficando cada vez mais difícil para nós, do Projeto Uakti, escolher o destaque da semana.

Pra começar no sábado teve (com pouquíssima divulgação, infelizmente) uma iniciativa fantástica da Cia. Vitória Régia de unir cultura e valorização do centro histórico de Manaus, através de um projeto denominado “Cultura na Rua do Frei”, do qual participaram Lucinha Cabral, Nonato Tavares, Regina Melo, Paulo Góes, Marinho Simoes, Moacir Parnaiba, Koia Refkalefsky e Sabrina Oliveira, além da Companhia Vitoria-Regia e Grupo de Capoeira Cativeiro, Armando de Paula, George Jucá e Raymond de Sá, entre outros.

Ainda na semana passada foi destaque a criação, pelo governo estadual, do Serviço Social Autônomo denominado Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural.

Já nesta semana Manaus se tornou a centro da moda com o Projeto Vitrine Rosa Choque (Saraiva Megastore e Elegance Festas & Convenções) que está estimulando a criação de um mercado de moda em Manaus bastante promissor. Os debates, as oficinas e a feira foram um sucesso e empregou bastante gente, inclusive artistas multi-mídia.


Na semana cultural de Manaus dois grandes destaques para a memória dos artistas e intelectuais de Manaus: lançamento de livro, debate e exposição sobre a obra do grande artista plástico Anísio Mello (Livraria Valer, amanhã, 9h00) e a criação do Prêmio de Jornalismo Narciso Lobo, pelo Sindicato dos Jornalistas do AM.


O Uakti se junta a estas justas homenagens e publica algumas fotos de ambos no Uakti, em 1989.

Já na área da música tem espetáculo para todo tipo de público e gosto. Mas o Uakti recomenda:
Hoje, dia 08/04,

1) O Show “Canções do Norte” (Fino da Bossa, 22h00), com Salomão Rossy que homenageia os grandes compositores do Acre, Amapá, Roraima, Pará e Amazonas.

Excelente idéia essa de montar um cancioneiro regional pan-amazônico; um pulo para reunir os próprios autores das músicas, como fez o Itaú Cultural com “Gente da mesma floresta”, da qual participou, pelo AM, o grande Célio Cruz.


2) O novo show do Karine Aguiar Quinteto (Chefão, 22h30) que apresenta um novo repertório, novas concepções de arranjos, muito jazz, blues, soul, samba e bossa nova.


O Quinteto é formado pelos músicos Anderson Cavalcante (piano), Emerson Marcelo Figueiredo (guitarra/violão), Felipe Romagna (sax), Miquéias Pinheiro (baixo), Ygor Saunier (bateria e percussão) e Karine Aguiar (voz). A base do quinteto que foi para Minas dentro do Projeto Cultural Uakti (vejam fotos anexas).

Já amanhã, sábado, 9, além dos “Causos e Canções” de Pedro Cesar Ribeiro e Assis Mourão às 20h30 no ICBEU e de mais uma despedida do diretor Ricardo Risuenho e da Cia. de Intérpretes Independentes “Com Shakespeare na Rua” (Parque dos Bilhares, 19 e 20h30), temos mais duas excelentes pedidas:

1) O Show “Artistas Reunidos” (Gargalo Sport Beer, 21h00), com Eduardo Dornellas, Raulnei, Márcia Novo, Cileno, Mirtes Melo, Bella Queiroz e participação especial da Banda Heroes.

Essas reuniões vão acabar dando em samba.

2) O show “Noite do Beiradão” (Aomirante, 22h00), com o Grupo Cordão do Marambaia e a Banda Tucumanus.

Essa experiência do movimento Marambaia é um ótimo filão a ser explorado em termos de música e resgate da memória cultural dos povos da Amazônia.

Tem baião, xote, carimbó, maracatu, marabaixo, çairé, marambiré, tambor de minas, lundu, entre outros.

É bom lembrar que já na segunda-feira tem ótimos debates sobre política cultural.

para conferir a programação cultural desta semana, clique aqui.

Nenhum comentário: