quinta-feira, agosto 08, 2013

Daft Punk: música em movimento


Fãs mascarados no lançamento de Random Access Memories

Valter Junior

Formada pelos franceses Guy-Manuel de Homem-Christo e Thomas Bangalter, Daft Punf lançava em 1997 seu primeiro álbum, Homework. Antes dele foram lançados dois singles, “The New Wave” (que na versão final ganhou o nome “Alive”) e “Da Funk”, responsáveis pelo sucesso comercial do disco.

O que mais chamava a atenção era justamente a diferença, tanto na música como no modo como eles se vestiam em suas apresentações.

Desde o primeiro álbum a dupla despertou o interesse de diversas pessoas ao redor do mundo.

Discovery, o segundo álbum, surge ainda na década de 90. Sob nova roupagem, as músicas ganham maior leveza, relacionadas à infância da dupla.

É nesse álbum que “One More Time” aparece, tomando conta das paradas de sucesso do mundo inteiro. (Romanthony, que cantava a música, faleceu esse ano).

Nessa fase a dupla consagrou seu estilo e já via crescer o número de fãs e seguidores.


O terceiro álbum, Human After All, produzido às pressas, foi altamente criticado. O álbum não contribuiu com muitas músicas emocionantes como no caso dos álbuns anteriores.

A partir de então algumas apresentações se converteram em discos. Novidade mesmo foi quando a dupla criou toda a trilha sonora para o filme “Tron: O Legado”.

A partir de então Daft Punk se tornou sucesso absoluto.

O último álbum, Random Access Memories, além de boas músicas trouxe a participação de nomes conhecidos, como Giorgio Moroder, Nile Rodgers, Julian Casablancas e Pharrell Williams.

O lançamento foi no dia 21 de maio em uma feira agrícola de uma cidadezinha rural da Austrália, Wee Waa.

Como tudo na dupla, até mesmo o lançamento foi inusitado.

As entradas esgotaram em apenas 13 minutos.

Alguns, como eu, gostaram da ideia de colaborações de pessoas reais, com vozes reais, mas sempre com a envolvente e empolgante batida eletrônica.

Random Access Memories é um sucesso e tem conquistado grande público no Brasil.



Nenhum comentário: