quinta-feira, agosto 08, 2013

Por que agosto é o “mês do cachorro louco”?


Não é novidade para ninguém que o mês de agosto é o do Cachorro Louco, da Bruxa na Aviação e das fantásticas Noites do Terror. 

Talvez por isso agosto seja o mês com o maior número de simpatias e superstições em todo o mundo. 

Mas por quê? Qual a verdadeira origem destas simpatias e superstições? 

Veja aqui algumas histórias e curiosidades sobre o mês de agosto no Brasil e em outros países.

Diz a história que foram os romanos que deram ao oitavo mês do ano o nome de agosto em homenagem ao imperador César Augusto.

Como o cara na época estava conseguindo grandes vitórias, como a conquista do Egito e a sua “promoção” a cônsul, não queria ficar atrás do imperador Júlio César – cujo mês de julho é em sua homenagem – e acabou decidindo que o “seu” mês também teria 31 dias.

Mas foi entre os romanos que o mês de agosto começou a ser considerado azarento, embora não se saiba exatamente o motivo.

Os caras acreditavam que existia um dragão imenso e terrível, que andava pelo céu cuspindo fogo durante o mês de agosto.

Mas depois descobriram que o tal “Dragão” era a constelação de Leão, visível nos céus do hemisfério norte naquele período do ano.

Em Portugal o medo do mês de agosto surgiu no período das grandes navegações, que duravam muitos meses e até anos.

As mulheres portuguesas não casavam nunca no oitavo mês, porque era nessa época que os navios das expedições saíam à procura de novas terras.

Daí, casar em agosto significava ficar sozinha e às vezes sem lua-de-mel.

Algumas até ficavam viúvas.

Já aqui no Brasil, com a influência dos portugueses, essa crença chegou e se espalhou.

Daí o dito popular “Casar em agosto traz desgosto”. 

Uma das explicações mais coerentes para apelidar agosto como o mês do cachorro louco vem dos próprios cães.

Segundo dizem, o clima de agosto é propício ao cio das cadelas. Isso significa o quê?

Significa que com cadelas oferecidas, os cães ficam doidos mesmo. E começa uma enorme briga entre os cães para ver quem vai possuir as madames cadelas no cio... (acho interessante isso, a menina dizendo: ele me possuiu!...)

Esse jogo de cópulas daqui e cópulas dali, aumenta o índice de casos de raiva, que é transmitida pela saliva dos cães.

Na Argentina muitos deixam de lavar a cabeça em agosto porque acreditam que isso chama a morte.

Na África o dia 24 de agosto é o chamado “dia em que o Diabo anda solto” – dia de todos os exus.

Na França o mês é maldito, pois em 24 de agosto de 1572 Catarina de Médici ordenou o massacre de São Bartolomeu, matando de dezenas de milhares de pessoas.

Na Polônia, em 14 de agosto de 1831 os poloneses foram derrotados pelos russos na Revolta de Varsóvia, que também matou muita gente. Por isso a galera polonesa também não gosta do mês de agosto.

No Marrocos, em 14 de agosto de 1844, a França invadiu o país.

No Camboja, em 11 de agosto de 1863, a França tomou a nação.

Na Alemanha, em 3 de agosto de 1932, Hitler assumiu o governo alemão após a morte de seu antecessor.

Na China, em 8 de agosto de 1937, o Japão invadiu Pequim.

No Japão, nos dias 6 e 9 de agosto de 1945, as cidades de Hiroshima e Nagasaki foram destruídas por bombas atômicas.

Em muitos lugares acredita-se que as assombrações, fantasmas que gemem e arrastam correntes, almas penadas que balançam as redes de quem dorme e outras coisas similares acontecem em agosto, porque este é o mês do frio e da ventania.

E aí? Conhece alguma simpatia para o mês de agosto?

Eu conheço aquela em que se deve usar a camisa ao avesso para se proteger do azar e do cachorro louco.


Ou usar a mesma cueca durante sete dias seguidos para se livrar das cachorras doidas.

Nenhum comentário: