Pesquisar este blog

quarta-feira, julho 30, 2014

Sexo anal, por que não?


Dolorido, imoral, sujo... Se, quando o assunto é sexo anal, você tem dezenas de preconceitos, minha filha, é hora de ler esta matéria

De repente, um belo dia, o cara chega pra você e diz que quer experimentar o outro lado do disco. Como você reage, querida leitora? Ligando pro Setor de Emergência da Defesa Civil? Denunciando a tentativa de assédio na Delegacia da Mulher? Se queixando ao bispo?

Psicológico

Medo de quê? A não ser que sofra de hemorróidas e esteja no meio de uma crise ou tenha qualquer outro problema que, já disse o médico, a impeça de praticar, não há mal algum no sexo anal.

É bem verdade, você pode não sentir prazer (muitas mulheres não gostam), mas a simples predisposição a experimentar abre novas perspectivas em sua vida sexual.

“Quando existe desejo, vontade e decisão, não dói”, afirma Aretusa Von de Menezes, autora de 10 Mandamentos para a Felicidade Sexual da Mulher, livro publicado pela Editora Jaboticaba.

Aquecimento

Comece sozinha, durante o banho, acariciando a região com movimentos circulares e delicados. Explore. Não tenha medo ou vergonha. Como você se sente? Quando o ânus tiver perdido parte de seu caráter “proibido”, que tal convidar o parceiro para participar?

Permeie as carícias com muitos beijos, abraços e palavras de carinho. Peça para que ele toque seu ânus, depois introduza um dedo, dois... Até a hora em que você se sentir à vontade para a penetração.

Uma dica é atingir o clímax com a penetração vaginal para só depois, mais relaxada, partir para o sexo anal. Afinal, o objetivo é que você fique muito, muito excitada.

E o parceiro?

Não há sexo anal bem-sucedido para a mulher sem um parceiro carinhoso e paciente. Ele precisa saber, por exemplo, que a área não comporta um pênis médio, ereto, inteiro.

Outro ponto importante diz respeito à velocidade: “Ele deve penetrar muito vagarosamente, parar por alguns segundos e então continuar”, ensinam os americanos Dan Andreson e Maggie Berman no livro Dicas de Sexo para Mulheres por um Homem Gay, da Editora Jaboticaba.

Caso ele também seja um principiante, tente você mesma controlar o vai-e-vem.

Posições

· A maioria dos homens prefere a parceira de quatro. Assim apreciam “a vista”, ou seja, o bumbum dela e se sentem poderosos.

· De pé, apoiando-se na parede, dá ao ato um ar selvagem e espontâneo, mesmo que vocês estejam discutindo o tema há dias.

· A famosa de ladinho é boa pedida, pois, como a anterior, permite que o seu companheiro estimule seios e clitóris simultaneamente à penetração anal.

· Sentar-se sobre o parceiro é ótima opção para iniciantes. Dessa maneira, fica mais fácil controlar a profundidade da penetração.


Fundamental saber!

Camisinha: comparado à vagina, o ânus é mais suscetível a doenças, mesmo sem haver cortes na região.

Por isso, use preservativo e troque-o caso partam para a penetração vaginal. Senão as bactérias que habitam o ânus irão para lá.

Não esqueça que tanto o pênis quanto o reto podem ter feridas quase microscópicas, mas que transmitem diversas doenças, desde infecções até HIV.

Só lá: o que tocou na parte de trás não deve jamais ir para a da frente. Não importa se é o dedo, a língua, a camisinha ou o pênis. O risco de infecção é quase certeiro.

Anestésicos: passe longe deles! Sexo anal, feito corretamente, não dói. Por isso, é essencial você perceber o que está sentindo em cada momento. Se tiver dor, significa que algo errado está acontecendo e a penetração deve parar imediatamente.

Lubrificante: opte pelos à base de água, que são os mais seguros em praticamente todas as situações. Os com silicone na fórmula podem danificar sex toys feitos do mesmo material, e os feitos de óleo estragam o preservativo. Furada!


E a higiene?:  Se você tem intestino regulado ,dificilmente vai precisar de mais do que uma limpeza com água ou soro fisiológico na área, uma hora antes do sexo. 

Cuidado se preferir fazer enema (também chamado de limpeza do cólon ou “chuca”). 
Quando malfeito, o acúmulo de água no reto e no intestino pode levar a complicações sérias e até à morte.

Um comentário:

Anônimo disse...

Pra quem gosta deste tipo de sexo é sempre bom estar preparado (a).
http://www.neprodutosnaturais.com.br/produto/remedio-para-impotencia/
CONHEÇA!