quinta-feira, setembro 22, 2016

Tudo em mim é Manaus


Marcelo Ramos (*)

Tudo em mim é Manaus.

Manaus nascida da Cidade da Barra do Rio Negro no dia 24 de outubro de 1848.

Manaus que nasceu em mim no dia 29 de agosto de 1973, na Santa Casa de Misericórdia. Manaus que caminha comigo há 42 anos e que ao meu lado irá me acompanhar até o último dia da minha vida.

Tudo em mim é Manaus.

Manaus que me viu criança, que jogou bola comigo no asfalto quente da rua, que soltou papagaio comigo com um carretel de linha dez e cerol de vidro pilado, que comigo brincou de manja esconde e que até hoje me diverte e me encanta.

Tudo em mim é Manaus.

Manaus que me apresentou o Teatro Amazonas, o Mercado Adolpho Lisboa, a poesia do Thiago de Mello, a música de Candinho & Inês e do Pereira, a Praça da Saudade (onde entrei pela primeira vez num avião), o encontro das águas, o jaraqui frito do Joca e do Galo Carijó, a Praia da Ponta Negra.

Manaus das suas caras, gostos, sons e encantos.

Tudo em mim é Manaus.

Manaus que sentiu comigo o deslumbre do meu primeiro amor, que chorou comigo a minha primeira saudade.

Tudo em mim é Manaus.

Manaus que me consolou na morte do meu velho Umberto e da minha pequena Maria Carolina, que me deu a Dona Graça, o Beto, a Glenda e o Rodrigo, que me apresentou a minha amada Juliana e colocou no meu colo o Gabriel, a Marcelinha e o José Umberto. Manaus dona dos meus amores.

Tudo em mim é Manaus.

Manaus que me ensinou as primeiras letras e viu nascer a minha paixão pela leitura, que raspou minha cabeça quando fui aprovado no vestibular de Direito da UFAM. Manaus da alegria do meu primeiro escritório de advocacia. Manaus que me deu a felicidade de assistir a formatura dos meus três irmãos.

Tudo em mim é Manaus.

Manaus que viu nascer meu entusiasmo militante, que me deu dois mandatos de vereador, um mandato de deputado estadual e que, mesmo diante de tantas dificuldades e contra forças tão poderosas, nas eleições de 2014, teimou em me entregar a confiança de 175 mil dos seus filhos.

Tudo em mim é Manaus.

Manaus que eu sonho um dia me dar uma chance de retribuir tudo que recebi nesses 42 anos de vida. 

A chance de oferecer aos manauaras um transporte público rápido, eficiente e confortável. 

A chance de dotar a cidade de rede de esgoto que preserve a saúde do nosso povo e salve a vida dos nossos igarapés. 

A chance de melhorar a qualidade do atendimento básico de saúde e educação. 

A chance de espalhar a rede de creches, em especial nas áreas mais humildes, para que as manauaras deixem seus filhos com segurança enquanto trabalham. 

Manaus que está em mim e que a ela desejo servir, com determinação e responsabilidade.

Tudo em mim é Manaus.


(*) texto publicado na sua página pessoal no FB, no dia 24 de outubro do ano passado, quando Manaus comemorou 346 anos

Nenhum comentário: