domingo, janeiro 29, 2017

T5 Jamaica bate o Vila Mamão e conquista o Peladão Brahma diante de 27 mil pessoas


Por Camila Leonel

Com inteligência e habilidade, o T5 Jamaica, da Compensa, conquistou o Peladão Brahma ao vencer o Vila Mamão por 3 a 1, gols de Sid, Brauli e Rafael. Claudinho descontou para o Vila Mamão. A partida final foi prestigiada por mais de 27 mil pessoas, em uma inquestionável sucesso de público.

Como não poderia deixar de ser, o título foi muito comemorado pelos jogadores e comissão técnica do T5. "Estou há dois anos no time, perdemos uma final e agora ganhamos. Então foi uma grande felicidade hoje, na Arena, com tanta gente assistindo, uma maravilha. O Peladão é tudo aqui para o futebol do Amazonas", destacou o jogador Raílton 'Gatinho', do T5 Jamaica.

Para o treinador do time campeão, o título foi fruto de um trabalho longo. "Estamos treinando há sete meses, coisa que nem time profissional faz. Só nós que estamos no dia a dia com o time e sabemos o que é preciso fazer para ser campeão. E hoje conseguimos", disse Evanilson Ferreira.

Do lado do Vila Mamão, a resignação com o resultado. "O time deles estava com mais vontade do que a gente, e foi o vencedor", desabafou Daniel, o treinador do vice-campeão.

O jogo

Movimentação não faltou no primeiro tempo da final da categoria principal entre Vila Mamão e T5 Jamaica. O primeiro a colocar fogo no jogo foi o Vila Mamão com Pedrinho saindo em velocidade pelo meio do campo no primeiro minuto de jogo. Parado com falta, Claudinho cobrou, mas a bomba foi defendida pelo goleiro Ian, do T5 Jamaica. Aos três minutos, novamente Claudinei chegou soltando uma bomba em direção ao gol adversário, mas o goleiro defendeu novamente.

Mesmo com um começo mais intenso do Vila Mamão, quem abriu o placar foi o T5 Jamaica. Maik, ao cobrar falta, rolou a bola para Thiaguinho tocar em Sid. O camisa oito  de fora da área chutou um balaço de primeira e a bola parou no fundo da rede. T5 1 a 0.

Atrás no placar, o Vila Mamão se lançou ao ataque. Com a forte marcação do T5, o jeito era apostar em jogadas individuais. Aos 12 minutos, Iran fez bela jogada individual e mandou para o gol, mas Ian salvou o T5 mais uma vez.
Outro lance de perigo aconteceu aos 24 minutos, com Irla chutando colocado de fora da área. A bola entraria no ângulo se não fosse a bela defesa de Ian.

No segundo tempo, o ritmo de jogo diminuiu, as equipes mais cautelosas evitavam dar muitos espaços para os adversários. Isso durou até os 10 minutos quando o T5 começou a crescer no jogo e pressionar. E a pressão resultou em gol. Com 13 minutos do segundo tempo, Michael cruzou da direita para Brauli cabecear no segundo pau. O goleiro do Vila Mamão até tocou na bola, mas ela já havia ultrapassado a linha do gol. T5 2 a 0.

Com a vantagem no placar, o T5 Jamaica passou a administrar o jogo. O Vila Mamão até tentava esboçar uma reação como aos 27 minutos após jogada de Claudinho para Paulinho, mas faltou alguém para concluir a jogada. O T5 jogando no contra ataque quase amplia primeiro com Thiaguinho e depois com Rafael, mas o goleiro evitou  os gols.

Aos 33 minutos o juiz marcou pênalti para o Vila Mamão. Claudinho bateu e descontou. Dois minutos depois quem foi derrubado na área foi o jogador do T5 Jamaica. Pênalti. Rafael cobrou e fez para o delírio da torcida que já gritava é campeão.  O placar seguiu inalterado até o fim, restando apenas a festa para toda a torcida da Compensa

Nenhum comentário: