segunda-feira, fevereiro 27, 2017

Reino Unido da Liberdade é bicampeã do Carnaval amazonense


Por Paulo André Nunes

Campeã do ano passado, a Reino Unido da Liberdade é de novo a grande campeã do Grupo Especial do Carnaval amazonense. A agremiação, que este ano levou para o Sambódromo o tema da sustentabilidade, foi a quarta escola a desfilar no último sábado, quando oito grandes agremiações apresentaram belos e diversificados  enredos.

A escola de samba do Morro da Liberdade somou 268,50 pontos e faturou seu 11° título no Carnaval amazonense. O segundo lugar ficou com a Vitória Régia que somou 266,9, seguido pela Grande Família com 266,8 pontos.

“Nós enfrentamos muitas dificuldades, mas fizemos um grande trabalho. A Reino Unido é uma escola de samba de comunidade e dedico esse título às pessoas humildes do Morro”, comentou o presidente Jairo de Paula Beira-Mar.

A obrigatoriedade de entrega em tempo hábil a Ceesma de informações como o áudio do samba-enredo e a ficha técnica provocou a perda de 1 ponto para quatro escolas: Aparecida, Alvorada, Andanças e Vila da Barra.

A Unidos do Alvorada foi penalizada em 2 décimos por exceder o tempo de desfile em 2 minutos  (apresentou-se em 72 minutos quando o limite era 70min).



Grupo de Acesso A


A Primos da Ilha foi a primeira colocada do Grupo de Acesso A do Carnaval 2017. Ela empatou em número de pontos com a Beija-Flor do Norte e Unidos da Cidade Nova com 179,2, mas a definição veio após a leitura do quesito alegorias e adereços, que era o critério de desempate segundo o artigo 60 do regulamento do Grupo de Acesso A.

Em quarto lugar ficou a Unidos da Cidade Alta com 179,8, em quinto o Dragões do Império levando 178,5 e em sexto a Balaku Blaku com 178 pontos.

Grupo de Acesso B


Com 179 pontos a Mocidade Independente do Coroado foi a campeã do Grupo de Acesso B do Carnaval de Manaus. A escola homenageou o deputado estadual Sinésio Campos (PT).

Em segundo ficou o Império do Hawaí com 176,7, Unidos do Coophasa levou 176,5 e a Presidente Vargas em quarto com 174,2 pontos.

“Estamos alegres, mas ao mesmo tempo tristes porque esse ano não teremos o acesso para o grupo A”, disse Montelo Lira, representante da Mocidade do Coroado.

Grupo de Acesso C


A agremiação Tradição Leste, do bairro Coroado, foi a campeã do Grupo de Acesso C do Carnaval de Manaus.

Ela levou 179,3 dos pontos em nove quesitos e sagrou-se vencedora sobre a Legião dos Bambas (176 pontos), Gaviões do Parque (172) e Leões do Barão Açu  (166,2).

A escola levou para a Avenida do Samba o enredo sobre o xadrez. O presidente da Tradição Leste, Gláucio Coelho, falou da satisfação da escola em conquistar o título. “Esse título bem em boa hora pois é a continuidade do trabalho do ano passado”, comentou ele.

Na leitura das notas foi comunicada a penalização das escolas de samba Legião de Bambas, Leões do Barão Açu e Gaviões do Parque por irregularidades como ausência de membros nas alas ou excesso do tempo de desfile (que era de 25 minutos para essa categoria).

Foi registrada, também, a ausência de um jurado da comissão de frente no dia do desfile (24). Com isso, a nota que seria dada por esse jurado passou a ser 10 para todas as escolas.


“Damos parabéns para as todas as escolas do Grupo C pois elas foram guerreiras e não receberam apoio financeiro para o desfile”, desabafou Fabrício Nascimento, diretor de Carnaval da União das Escolas de Samba do Amazonas (Uesam), entidade que rege a categoria.

Nenhum comentário: