Pesquisar este blog

quarta-feira, março 04, 2009

Literatura na cadência do samba




O economista, geógrafo, compositor e pesquisador Daniel Sales


A diagramação amadora prejudica a leitura de alguns textos

No início de fevereiro, rolou o lançamento do livro “É Tempo de Sambar – História do Carnaval de Manaus”, de Daniel Sales, no Espaço Cultural da Livraria Valer – Rua Ramos Ferreira, 1195 – Centro. A obra, pioneira no assunto, foi construída a partir de décadas de pesquisa e com auxílio de vários sambistas, relatando desde os primórdios do carnaval de Manaus até as manifestações no ano de 2008.

A história da Kamélia, um dos maiores símbolos do carnaval da cidade, as folias na Avenida Eduardo Ribeiro, o Carnaval de Rua, o surgimentos das Escolas de Samba e do Sambódromo, são alguns pontos apresentados no livro, que traz ainda a relação dos discos de vinil e CDs de carnaval de Manaus, as Rainhas e Reis Momos de 1980 a 2008, os Clubes de bailes de carnavais e Bandas de Manaus mais famosas, além de uma seleção de fotos, algumas curiosidades e causos.

Natural de Manaus, Daniel Sales, desde muito jovem desenvolveu o gosto pelos folguedos populares, como Cirandas, Bumba-meu-boi. Aos sete anos de idade anotava diversas observações em suas cadernetas sobre futebol, carnaval e curiosidades em geral. Em 1978 passou a frequentar a quadra da Escola de Samba Vitória Régia, onde em 1981 auxiliou no acabamento de um carro alegórico da Escola e ainda o conduziu no desfile.

Depois desfilou em outras Escolas e Blocos (Sem Compromisso, Mocidade de Ipixuna, Presidente Vargas, Andanças de Ciganos), sempre anotando o que achava interessante dentro dos desfiles de blocos, das batucadas e das Escolas de Samba. Com o tempo passou a compor sambas de enredo e hinos de clubes. Conseguiu emplacar 13 sambas de enredo, dos 38 que compôs.

Em 1996 Daniel Sales se prontificou a informar ao mundo sobre o futebol e o Carnaval de Manaus. Antes que qualquer meio de comunicação do Amazonas inaugurasse os seus sites na internet, ele criou um site específico sobre o carnaval de Manaus atualizado permanentemente (http://geocities.com/carnavaldemanaus/). “No tempo em que a internet ainda não era muito falada, montei um site simples, mas que os sambistas pudessem se informar sobre as notícias do carnaval”, relembra. O site está no ar até hoje.

A partir daí, os jornalistas free-lancers, as redações de jornais, alguns pesquisadores e as agências de comunicação do Brasil requeriam informações de Daniel sobre o Carnaval do Amazonas, pois sabiam que suas informações eram seguras.

Daniel passou seis anos de pesquisa para reunir todas as anotações em seu primeiro livro e ainda conversar com os sambistas sobre detalhes do carnaval. “A obra era para se concluída em 2003, mas como faltavam pessoas que não podia deixar de homenagear, resolvi esperar”, explica. Ele diz que escreveu o livro para imortalizar o samba e para divulgar a história das agremiações de Manaus. “O que se tinha eram fragmentos do carnaval nas revistas como a Manaus, Samba e Turismo de que participei”, lembra Sales.

Infelizmente, o belíssimo trabalho de pesquisa de Daniel ficou comprometido pelo amadorismo envolvido na diagramação do livro. Sem perceberem que o livro seria do tipo “lombada”, Elvécio Junior e Kleyton Falcão diagramaram a obra no formato “canoa” (utilizado em revistas). Resultado: a “lombada” engoliu as margens da “mancha” (onde fica situado o texto) e, pra ler algumas páginas, é necessário praticamente abrir a lombada no muque, deixando o livro todo arrebentado.

Além disso, o livro tem toda pinta de que foi diagramado no famigerado Corel Draw (que não permite hifienização!), em vez de nos tradicionais QuarkXpress, PageMaker ou Scribus. Aí, quando o texto é justificado, aparecem aqueles hediondos “brancos” entre as palavras para caber na linha. Sem contar que usar letras em corpo 10 no formato itálico é pra deixar cegueta qualquer ser humano.

De qualquer forma, como já disse antes, o conteúdo é primoroso. Só fiquei puto com o raquitismo do texto a meu respeito, conforme está publicado no verbete que transcrevo abaixo:

SIMÃO PESSOA – Jornalista. Poeta. Roqueiro. Torcedor da Escola de Samba Andanças de Ciganos. Em 2004, fez o enredo da escola tricolor. Simão destaca-se mais pelo seu texto crítico, insinuante e marcante, nos jornais em que trabalha. É um bom “vivant”.

Carálio, Daniel Sales, mas você podia pelo menos escolher uma dessas “atividades” abaixo, frutos de minha modesta contribuição ao carnaval amazonense:

Fundado do Bloco do Macacão (campeão do carnaval de 1974)
Fundador e diretor do bloco Andanças de Ciganos (pentacampeão do carnaval, de 1976 a 1980)
Primeiro namorado da rainha do carnaval de 1982 Jeane Guimarães (em 1975, quando ela tinha apenas 14 anos...)
Fundador e diretor do GRES Andanças de Ciganos
Fundador e diretor do bloco Aluga-se Moças (que agitou a Cachoeirinha de 1980 a 1995)
Fundador e diretor da Banda Independente Confraria do Armando (BICA)
Fundador e diretor da Banda do Cinco Estrelas
Autor do livro-revista Causos de Bamba, com histórias de sambistas daqui e do Rio de Janeiro.
Um dos autores do livro Amor de BICA, contando a história da banda mais escrachada de Manaus.
Compositor de inúmeras marchinhas da BICA e da Banda Cinco Estrelas, em parcerias com Afonso Toscano, Mário Adolfo, Edu do Banjo, José Roberto Pinheiro, Davi Almeida e Orlando Farias.

Ok, você acertou em me rotular de bom “vivant”. Viver é bom!

Ah, propósito: em setembro, se não chover, estarei lançando um novo livro contando a história do GRES Reino Unido da Liberdade.

65 comentários:

Anônimo disse...

Alô Simão!!!
Realmente, a falha deste livro foi o tamanho pequenino das letras, mas. uma excelente obra. Revivi meu passado carnavalesco em muitas partes, inclusive da mihna verde e rosa da 14. Esse rapaz, Daniel Salles está de parabéns pela sua obra pioneira e de ter feito tanto pela nossa cultura sem nunca ser reconhecido. Parabéns a ele e a todos os que estão o apoiando.

Adriano Di Paula disse...

Boa noite. Esse livro, que fala do carnaval brasileiro, e especificamente o de Manaus é uma Jóia de rara beleza. Comprei na Livraria Valer e ainda estou terminando de ler e gostando muito. mesmo com essas falas que vc falou, Simão, o livro é fantástico por retratar muita coisa, fatos, que ficariam na poeira do tempo. Parabenizo o autor dessa obra -prima amazonense, o sr. Daniel Sales, pelo excelente trabalho.

Anônimo disse...

Olá pessoal. Meu nome é Celso Gomes, sou jornalista em São José dos Campos-SP e também colecionador de hinos do futebol brasileiro.
Preciso do contato com o Daniel Sales - por conta dos hinos que ele compôs. E-mail, telefone para poder entrevista-lo no programa Fanáticos por Futebol da Rádio Bandeirantes de SP.
Aguardo contato.
celsogomes.rb@gmail.com
Abraço.

Anônimo disse...

Parabenizações sem fronteiras ao baluarte DANIEL SALES, o maior compositor de Hinos de clubes de futebol do Norte_Nordeste do Brasil. Soube a pouco tempo sobre o livro e já tô indo atrás dessa obra sem igaul que ouvi dizer ser uma maravilha. Esse nobre jovem senhor já deveria é ser da alta patente de uma secretaria de cultura do Amazonas!!! Assim como v.Sa. sr. Simão Pessoa!

Azevedo
MANAUS/BELEM

Anônimo disse...

Parabenizações sem fronteiras ao baluarte DANIEL SALES, o maior compositor de Hinos de clubes de futebol do Norte_Nordeste do Brasil. Soube a pouco tempo sobre o livro e já tô indo atrás dessa obra sem igaul que ouvi dizer ser uma maravilha. Esse nobre jovem senhor já deveria é ser da alta patente de uma secretaria de cultura do Amazonas!!! Assim como v.Sa. sr. Simão Pessoa!

Azevedo
MANAUS/BELEM

Anônimo disse...

História do carnaval do amazonas é um livro que pode ser considerado tão útil como poucos que li, pois aumentei meu conhecimento por meio dele. O autor, além de ser inteligente, é um GATO.
Daniel Sales GATO.
Muito obrigado por me ajudar a conhecer mais sobre Manaus. Seu livro é bastante superiot às muitas baboseiras que lançam por aí!
LÙCIA PAIXÂO
BAirro do Crespo, MAnaus/AM

Anônimo disse...

Simão Pessoa. Li seu livro sobre o Rock, se nção me engano de 1996.
Já li todinho esse livro do Daniel Sales e tiro o chapéu, seu moço. Para quem quer conhecer a história do carnaval de Manaus, é um prato cheio. A diagrmação pecou sim, mas como primeira obra do cara, vamos dar um desconto. Ele, o Daniel, escrve há um tempão nos jornais de Manaus sobre tudo. Já foi candidato a vereador. Canta em escola de samba, rapaz, ele só não consegue enxugar gelo. Brincadeirinha!
Pretendo comprar mais um ou dosi lá na Valer e mandar prum pessoal emu no Rio.
Um abraço e parabéns por divulgar o maior pesquisador e compositor de hinos de clubes do Amazonas.

Jáson Souza
Rio/ Manacapuru e Manô dos trópicos

Anônimo disse...

Sugiro que o escritor Daniel Sales venha fazer uma palestra em nossa universidade - UFAM, sobre não só o carnaval, ams sobre futebol amazonense e o folclore regional. Seria uma boa idéia, desenvolver esses temas aos alunos da instituição. Não comprei esse livro ainda mas já o vi na Livraria da UFAM, folheei-o e o sugiro a tantos quantos queiram aprender um pouco mais sobre a história da cidade de Manaus.
Um beijo a vc Simão.

Estela Bastos (Tetê)
MANAUS- AMAZONAS - BRASIL

Anônimo disse...

Falou manô!
Esse cara aí o Daniel Sales, não é so sammbista nao.
Ele sempre tá nas baladas do rock tbm.
Vou comprar esse livro agora no final do mês. se num me engano são 30 pilas mas deve valer a pena.
Amazonas tbm tem cultura e mucha!
Até são paulo quer o cara meu! Num vê o Cara aí de cima? Vamos valorizar quem merece...

Fernandão U2
Amazonas

Anônimo disse...

Zapeando na Net ontem, entrei na radio Band de Sp e quem tava la erao Daniel Sales falando sobre hinos do futebol amazonenses - clubes - ele fez oito hinos e a entrevista durou pra caramba acho que us 30 mintos. parabens aos amazonenses que divulgam nosssa cultura. parab[ens Daniel Sales escritor compositor engenheiro economista ge[ografo e sei l[a mais o que. Um abraco a todo o Amazonas, nossa terraaa@!!!!!

Julio Paiva

celsotor disse...

Grande Salles,
Foi meu aluno no curso de Economia da UFAM. Inteligente, perspicaz e tem um futuro brilhante pela frente. Parabéns pelo 1º livro, virão outros com certeza. Audaces fortuna juvat - A sorte favorece os Audaciosos.
Um grande abraço.
Celso Torres
celsotor@gmail.com

Anônimo disse...

Oi. caros amigos do Blog do Simão.
Conheci o autor Daniel Sales num carnaval da vida, se não me engano na Sem Compromisso, uma escola de samba local. O cara é na dele e fez um trabalho sem muito alarde. sempre usa uma bolsa aonde carrega um montão de anotações, livros, camisas e camisinhas (brincadeira). Escutem, não comprei olivro ainda mas recomendo que comprem pois já o folheei na Valer e gostei do que vi, mesmo as letras sendo pequeninas. Parabésn Daniel Sales, um nome a ser melhor divulgado e reconhecido pela literatura amazonense.

Luciana
luc_28@hotmail.com

Anônimo disse...

Sensacional!!
A livraria VALER tá fazendo promoção e esse livro do Daniel tbm tá lá.
Já ouvia falar desse carah, pÔ o cara é fera mesmo!
O livro, en comprei lá no Campus da UFAM, já li parte dele, o que mais me interessava e aprovei. Daniel Sales, o autor, é amazonense e parece que luta só pelo samba em livro e merece nossos parabéns viu Simão?

Clóvis

Anônimo disse...

Estava navegando por aí e achei esse maravilhoso blog.
Sobre esse livro tenho colegas, amigas que já leram, eu ainda não tive a oportunidade. mas a iniciativa do autor é válida. Tanto é assim que o carnaval tá chegando de novo e esse livro será eterno, pois todo ano tem carnaval e história para contar. Espero que venda batante e saia logo uma segunda edição. Parabenizzções au ator Daniel Sales e sua obra. Viva o carnaval de Manaus!!! Blz!

Jackie Santiago

Anônimo disse...

Positivamente esse é um livro de história do Amazonas. Nunca vi igual, aliás nem tinha nada sobre o carnaval da Manaus. Sugiro que o goverrno do estado, prefeitura, levem esse livro importante para as salas de aula. Daniel Sales está parabenuizado por toda a cdade de Manaus pela sua importante obra. que venha mais livros sobre outros assuntos nossos;.

Wanderley Oliveira

Anônimo disse...

Fantástico!!!!!!
Até quenfim saiu algo gostoso pras e ler sobre carnaval
10 nota 10 na passarela da literatura

Bonfim
UFAM

Anônimo disse...

Comprei ese livro nota 1000. Sou carioca, em "férias" pelo trbalaho em manaus. Beleza beleza. Essa obra é magnífica nem sonhava que em Manaus tinha um carnaval assim, esse livro muito bom por sinal me ajudou a conhecer mais e mais essa bela cidade. O auitor Daniel Salles é um magnífico autor, pois sua maneira de escrevber não nos dá sono e faz com que a gente coma esse livrp. parabéns amazonenses!!!!

Comprei dois livros, um tbm para minh gata!
Paulão
RIO

Anônimo disse...

Bom livro. Comprei e adorei,
Espero k o autor continue escrevendo.

Bella
Manaus

Anônimo disse...

Foi legalk ver o escritor em questão comentando o desfile das escolas de samba de manaus na Tv. Daniel Sales que vi trabalhando em escolas de samba da cidade é um rapaz responsável e que ainda tem muitas vitórias a conquistar. estou feliz por esse amazonense

Wanda
Amazonas

Anônimo disse...

Meu amigo da Ufam, Daniel Salles, amigo de verdade e companheiro raro de ser ver hj em dia nesse mundo corrido. Daniel acertour em cheio e nao pude ir no lançamento desse livro mas sei que ele já vao lançar um de futebol e coisa que brasileiro adora é futebol tbm, além do carnaval. o livro está bem feito e preciso saber se vende tbm no Rio, pois tem gente de lá quereno comprar. Faz uns anos que en não falo com o Daniel mas sempre o vejo nos jornais quuando ele escreve aquelas cartas críticas e tbm dando idéias pra melhorar a cidade de Manaus. parabéna Escritor!!!

Mário Sérgio
Manaus

Anônimo disse...

Um tesouro essa obra. Simples e rica. Era bom o Sr. Robério Braga prestas mais atenção nessa amazonense autyor desse livro. Daniel Sales tem potencial e muito. Poderia tbm o governo bancar a aoutra edição desse livro, pois na primeira foi iniciativa privada.

Antônio Carlos
Amazonas

Anônimo disse...

Me chamo Tony, sou de Manaus e curto as noutadas. Sou do carnaval e admiro esse livro do compositor popular da sem compromisso, daniel Sales. Ele mais o Agnaldo do Samba e a turma de lá tem vocação pro samba e sempre estou acompanhando eles, de longe no carnaval. esse livro era para ser apresentado ao público há mais temppo e creio que só chegou agora (2009) por que foi na base da força de vontade. arabenizações ao pessoal do samba e ao autor, que também compões sambas.

Tony (Máximo)
Manaus

Anônimo disse...

Pelo que vejo aki, o livro é bem comentado e ressalto que tbm adquri-o e ao lê-lo "vi" um grande autor escondido por trás das letras. Isso vem provar, Simão, que o Amazonas está bem servido de escritores, o que falta, acredito eu, é maior apoio a estes como o rapaz aí. Já li livros locais, bem feitinhos, bem desenhadinhos, bem coloridinhos e... só!!! Esse livro do Daniel é simples na diagramação e acabamento e as fotos são em PB, mas o texto do cara.... SHOW!


Prof. Clíssia Cristina (CRIS)
MANAUS/RIO

Anônimo disse...

Ripa na xulipa, Simão!
É Tempo de Sambar, é história do carnaval da maior cidade da Amazônmia.
Li o livro, nota 10.
Daniel Sales, um autor de respeito!
Parabéns muchacho.

Célio Silva MANAUS

Anônimo disse...

Daniel Sales, por incrível que pareça, ainda é um alunno da UFAm - Universidade Federal do Amazonas. Se não me engano está na sua 3a. Faculdade. Estudei com ele lá nos anos de 1990, quando o mesmo ainda era um garotão sonhador, um sambista de boa qualidade e um grand contador de histórias, o chamávamos Forest Gump, se meu inglês não me falha, é assim que se grafa. Menino inteligente, hoje um homem de seus quase 40 anos, mas não parece. O livro do carnaval já li duas ve4zes e achei as letrinhas um pouco difíceis de serem lidas pelos ceguinhos como eu, no mais, muita história, ufa, que bom!


Paulo César (Paulinho)
Amazonas

Anônimo disse...

Eu me chamo Júlia Graziella. Estou delumbrada e apaixonada por Manaus e sua História. Pelos que vi aki nos comentários o livro tá bombando e eu vou adquiri um. Parabens ao autor e que tenha mais sucess!!!
Julia

Anônimo disse...

A História do Carnaval amazonense , que nunca vi escrito (e tão bem escrita assim) vem agora à luz. A satisfação que tive ao folhear as páginas do livro do Daniel me fez viajar no tempo, quando eu desfilava na Em Cima da Hora, em ala mesmo. E na Vitória Régia até 1985. Foram momentos muito aprazíveis, e foi ali que conheci minha "cara metade".

Assisti A´uma palestra spbre carnaval do sr. Daniel Sales, no TCE e era a semana do carnaval de 2009. Nunca vou esquecer. O autor fala bem, é bem articulado e ainda, sompático pra caramba. Conhece bem a alma do carnaval.

Muito obrigada.

Sâmya
Brasília/Manaus/Belém

Anônimo disse...

ADOREI O LIVRO, MAIS O SAMBA QUE MAIS GOSTEI, FOI O QUE VOCÊ FEZ, JUNTAMENTE COM O FANTASTICO MESTRE JYMMY E ONÉRCIO TORRES, FIZERAM NO CARNAVAL DE 2008, EM HOMENAGEM AO CENTENÁRIO DA IMIGRAÇÃO JAPONESA, QUE MOSTROU TODA A IRREVERENCIA E ELEGANCIA DO QUE SE DEVE SER REALMENTE, UM VERDADEIRO SAMBA DE ENREDO, COM BRINCADEIRAS DE PALAVRAS NO MEIO DO SAMBA, NÃO FUGINDO DE SUA COMPREENSSÃO.
QUANDO É QUE VOCÊ IRÁ SE REUNIR NOVAMENTE COM ESSES DOIS PARA APRESENTAREM MAIS SAMBAS IGUAIS A ESTE? CADÊ O MESTRE JYMMY? SUMIU? COM SUAS SURPRESAS DE AVENIDA E TOQUES INESQUECÍVEIS. ESTOU ESPERANDO QUE ELE RETORNE PARA A SEM COMPROMISSO OU PARA QUALQUER OUTRA ESCOLA DE MANAUS. NUNCA PERDI NENHUM DE SEUS DESFILES. PARABÉNS VOCÊS SÃO TALENTOSOS, E FIZ QUESTÃO DE EXPLANAR.

ASS: NAYRA GOMES - HISTORIADORA DE EVENTOS

Anônimo disse...

É IMPOSSÍVEL DE NÃO SE DEIXAR APAIXONAR POR ESTA OBRA. GRANDE NA IMPORTÂNCIA, POIS PIORNEIRA. SUGIRO QUE A EDITORA QUE FEZ ESSE LIVRO FAÇA UMA NOVA EDIÇÃO AGORA COM FOTOS COLORIDAS, POR MAIS QUE VENDAM A UM PREÇO MAIOR. VALE A PENA. PARABÉNS AO AUTOR O JOVEM DANIEL SALLES, PROMESSA DA NOSSA LITERATURA.

ALDA MELLO

Anônimo disse...

Será que está gaveendo uma descoordenação do preço desselivro? Pois comprei a R$30,00, mas tem local que está R$22,00. Será que é por causa de contratos diferentes, sei lá... Vi tbm num sitee a um preço de R$23,00. Na AGEESMA tava R#30,00 ano passado;.

Maicon

Anônimo disse...

Que legal, Um livro escrito por um sambista compositor de sambas e de outros ritmos da terra.Ja li o livro e achei supimpa, A gente come esse livro de táo gostoso que é!!!!

Sandro Dias

Anônimo disse...

Aê Daniel. Livro massa.
Vc é um incompreendido em Manaus,
Na verdade muitos que se dizem seu amigo são falsos,
Vc provoca inveja neles pela tua inteligencia.

Ass
Marcos professor

Anônimo disse...

Lindo! Sucesso nessa nova carreira de escritor. Tá pensando "u kê?"
Dani. Esse livro tão importante para os sambistas de Manaus e do Brasil é fruto, eu sei, das tuas andanças pelas quadras da cidades. Das tuas incansáveis entrevistas. Aliás, eu mesma vi você entrevistando na Praça 14, pessoas. Também é fruto da Internet. Pois vc foi o primeiro a colocar as escolas de samba de Manaus na Internet, se não me engano lá por volta de 1995, quando era uma menina ainda. "uau"! Beijos, querido. Até mais.

Linda
Parintns e Manaus

Anônimo disse...

Amantes do Carnaval brasileiro. Adquiram com urgência essa obra -prima de Manaus. O Autor Daniel Sales foi muito infeliz ao enfatizar um tema tão universal. Parabéns e muita sorte nas futuras obras.

Paulo Abecassi

Anônimo disse...

Oooi lindu!
beiju a vc e aos sambistas dessa wonderfull de cidade.
vi vc comentando o desfile das escolas no carnaval. muito bom.
seu livro eu ainda não comprei mas espero que até dezembro esteja na mnha salla.

NancY Morena

Anônimo disse...

Sales. <No se que ud "anda" haciendo ahora pero yo me quedó orgulloso dy conocer ud hace mucho tiempo. Tu no olvidaste la "geladda" en Cabello 2005/2006 ok?
Ahora es un escritor. Muchas Gracias compañero!

Benitez "EL PERUANO"

Valdo Parente - Professor disse...

Aê pessoal

A obra "É Tempo de Sambar" de Daniel Sales representa, sem exagero, uma inestimável contribuição para manter viva a tradição do carnaval de Manaus que ora agoniza ora é deslumbrante. A iniciativa do autor representa a resistência dos sambistas que batalham para preservar o Carnaval - manifestação cultural que condensa a alma do povo brasileiro.

Parabéns Daniel!!!!!

Gilsinho Nogueira disse...

Meu caro amigo e poeta Simão Pessoa,
Quero que saibas que, antes de tudo, sou seu fã.
Fiquei curioso em conhecer a obra do Daniel, embora não o conheça pessoalmente, mas o desinteresse me apanhou de surpresa quando amigos do meu querido Reino Unido sintetizaram o produto e percebi que o autor perdeu a excelente oportunidade em realizar sua pesquisa com os próprios autores por ele cortejados. Os que estão vivos podem fazer a narrativa daqueles que partiram. (vide comentários que foi feito a seu respeito).
Para mim, perdoe-me a comparação, é como escrever que Natal da Portela tinha DOIS braços. Aí, amigo, a história vai parar na lata do lixo, e como um dia cantou Mestre Marçal:"Mil perdões pelo meu senso de criticar, mas se existo, logo, penso, e pensando vou falar...".
Tenho o rascunho de sua obra sobre o Morro, caro poeta, a qual sinto-me lisonjeado pela oportunidade em tecer as observações, e claro, apontar aqueles pingos nos I's.
Estou com saudades do nosso papo, vamos pô-los em dia.
Abraços.

Gilson Nogueira

Kabessa disse...

Saudações!!!

Muito me impressionou a obra do Daniel. Perfeita aos olhos do que amam verdadeiramente o samba. Muito obrigado por essa obra magnífica e por citar meu nome na mesma.

Um forte abraço e parabéns,extensivo ao Simão por nos trazer esse assunto pra discussão e conhecimento!!


PAULO KABESSA
Cantor e Sambista

Anônimo disse...

Valeu querido pela obra magnífic a. Sei que vc já tá trabalhando em cima da segunda edição;. Esperarei ansiosa. Afinal, vc é tudo de bom, como pessoa e como escritor tbm. Nossa Ufam se sente orgulho0sa em saber que um membro dela faz tanto sucesso no meio literário brasileiro. Obrigado.

Mara
Amazonas/Roraima

Anônimo disse...

Olá meu irmão Daniel! Naum ligue para críticas infundades. vc conhece muito da história do samba e não é qualquer comentário infundado que irá mover o teu trabalho. Se eles que criticam sabem tanto de samba de manaus porque não fizeram este livro então? è uma tremanda bobeira o que falam mal de ti sem conhecer-te. a tua lçuta que não é de hoje. Enquanto muitos desse críticos estavam só brincando nos anos 80 voc~e estava trabalhando em alegorias de carros, que eu vi, estava nas baterias dos blocos e escolas, estava cantando, estava compondo e tirando dinheiro do bolso para ajudar por onde vc passou. N~çao deixa a inveja, irmão ti prejudicar. perdoe-os eles não sabem o que dizem. Teu livro é um marco sim, se tem falhas, claro que tem, mas comoi vc iria entrevistar mais de 1.000 pessoas? Vc é Imortal e pronto!


Márcio Costa
Teu amigo de verdade

Anônimo disse...

Ula la la!
VOU HACER UM COMENTARIO AKI. DESCULPE MEU PORTUGUEZ.
HA ADQUIRIDO EL LIBRO EN EL TIENDA DE MANAU. GUSTO MUCHO DO CARNAVAL BRASILERO. ESTOU APRENDENDO EL PORTUGUEZ E SOLO ACHEI ESSSE LIBRO! MUCHO BUENO.

PARABENIZAÇÃOS AO AUTOR.

HUGO HERRERA

Anônimo disse...

o LIVRO É Tempo de Sambar, que li recentemente, tem tudo a ver com o Carnaval de Manaus e merece todo o respeito de todos os sambistas. Querendo ou não, esta obra, além de única, é super importante para todos nós que gostamos das escolas de samba de todo o Brasil, e princilpalmente as do Amazonas. Parabenizo o autor Daniel Salles pela ousadia de escrever e publicar algo que nunca ninguém tinha feito antes. Li aqui alguns comentários e estou de acordo com a maioria, que diz que o livro é bom. Uma minoria 9e aí é que entra a democracia) não gostou do livro, paciência. Eu adorei e espero que o autor faça uma segunda edição.

Juarez Motta

Anônimo disse...

Daniel SALLES! Sou o Eli! FAz tempo que não nos falamos: Praça 14!!!! Desejo mais sucesso para vc em seus futuros livros. Comprei um e já até emprestei-o. PARABÉNS!!

ELI DOS SANTOS
Amazonense como vc!

Anônimo disse...

Olá!!!! Bjs!!!
Ouvi vc na Rádio,na trasmissão dos bois de Parintins, quer dizer o que vcv enviava para os comentaristas lerem, suas dicas são muito ricas!!!!
Qdo vc vai escrever tbm sobre o Boi???

Bjs, Dan.

Alessandra

Anônimo disse...

O melhor comentarista de carnaval que eu já oivi(rádio) ou assisiti (TV). Alguém que se importa pelo carnaval amazonense ao ponto de ter um lançado esse livro. É claro que tem que ser homenageado. Não sabia quase nada sobre a história de sambistas e escolas de samba de Manaus, mas agora já sei muito por causa desse belo trabalho. É TEMPO DE SAMBAR. É tempo de Ler, DAniel SAles, o mago das letras do samba de Manaus...!

MIguel R. SOuza

Anônimo disse...

É TEMPO DE SAMBAR!!!!
Uma nova força para o carnaval amnazonense!!!
TOP 10 para o BIG DANIEL SALES gigante do samba de manaus!!!!!


Ray

Anônimo disse...

APENAS FOLHEEI UM LIVRO DO DANIEL SALES. PARA MIM ACHO QUE MESMO COM ALGUM DEFEITO TÉCNICO, ETC, ESSE LIVROP É O MELHOR QUE SE PODE TER EM CARNAVAL DA CIDADE DE MANAUS. FICO MUITO SATISFEITO DE SABER QUE ALGUÉM LEVA MUITO À SÉRIO ESSA CULTURA POPULAR E GOSTARIA QUE O AUTOR ESCREVESSE MAIS, ALIÁS, EU JÁ O VI NA TV TBM FALANDO SOBRE CARNAVAL DIA DESSES, ACHO QUE NA ACRITICA. ELE É BEM ARTICULADO, NÃO TREME E TEM TUDO DO ASSUNTO NA CABEÇA. PARABÉNS.

ARMANDO SILVA T. MARINHO

Anônimo disse...

Livro espetacular. O importante foi contar a história do carnaval de Manaus. Bom escritor e ótimo comentarista de desfiles de escolas de samba. Daniel Sales nota 1000. Ainda compõe, canta e escreve na Internet como eu li no Blogo do Marcos Santos. Parabéns.

Jeilsson Cruz
Manaus AM

Anônimo disse...

Exelente livro@!!! COmprem manos que o livro e massa demaiss.. Eu to lendo.


Tornado@

Anônimo disse...

CaRO Simão!
Chegeui a folhear esse livro que vc está falando aqui. Achei interessante a obra, Simples mas muito informativa, ideal para pesquisadores como eu.
Agradeço au autor pela iniciativa.

Raimundo Santos
Manaus Amazonas

Anônimo disse...

Sou Jéssica Moraes e estou encantada com esta obra muito envolvente do autor Daniel Salles. Comprei o Livro na Valer Livraria e estou lendo-o ainda. Tem muita informação para nossas pesquisads. Parabéns!

Jéssica
Manaus

Anônimo disse...

Amamos vc escritor!!! vc é o orgulho do Amazonas em várias setores. Pena que ainda não seja reconhecido.

Amaral

Anônimo disse...

Obrigado compositor pela bela obra. Estou gostando muito dos textos relacionados às escolas de samba da cidade de Manaus. Parabéns e lance logo a segunda edição que eu compro.

Lúcia (Lucinha)
MANAUS

Anônimo disse...

Pô cara.... Daniel Sales concorreu nas eleições. votei nele para vereador.. Não deu, né Simão? Acho que a Democracia às vezes falha. um cara como o Daniel cara seria estupendo para a Câmara de Manaus. Intelectual, um monte de coisas o cara faz, poderia fazer tbm por Manaus, mas, o povo.... Vô ti contar@.....

Abração a todos
Antônio Márcio
Santo Antônio

Anônimo disse...

Rock n roll e samba se completam! DANIEL SALLES, o nosso bam bam bam da cultura baré, junto a Simão Pessoa e tantos outros. Fico feliz quando vejo vcs unidos, o pessoal do Rock, do Boi, do Samba, do Brega, do Carimbó, e tc . Espero que vocês continuem a nos dar mais obras magn[ificas como essas daí. Vlw.
Mano Brother Snack (MANO)
de passagem.... But for ever!

Anônimo disse...

Ei gostoso qdo vai lancar a seginda edição:::!@???


Mara

Anônimo disse...

Oi. Fui na kamélia sábado, mas quando cheguei vc jpá havia ido.... Então deixei para o outro sábado. Vi o Mário Adolfo lá em cima mas não te vi.... Vc vai estar lá sábado;? Quero um livro..! Bj.

Gláucia

Anônimo disse...

Sr. Daniel Sales. Parabéns pela magnifica obra da literauta amazonense. Sou seu fã e me sinto na obrigação de fstejá-lo.

Paulo Rubens

Anônimo disse...

Texto bom. Letra pequena. Fotos em preto e branco históricas. Fiagração ruim. Nota: 7,0

Li na UFAM e aprovei.

Mário Lenon

Anônimo disse...

Por onde nnda eo compositor de hinos do futebol do Amazonas? Espero que continuea a compô-los, Lamartine Babo do Norte. Vi sua entrevista na ESPN com o Marcelo Duarte no Youtube. Parabéns!

Jorge (Jorgimho)

Anônimo disse...

Sales.
Tem gente copiando teu livro, algunstextos na Internet. Lá eles não colocam o autor, que no caso é vc. Porque sua editora e vc não processam estas pessoas? Basta vc entrar no google ou no facebook tem gente colocando textos inteiros do teu livro lá.

Abração
Felipe da Ufam,

Anônimo disse...

Nas horas vagas me ponho a ler esse livro do carnaval da cidade de manaus. me surpreendi com algunas fatos que não conhecia como o que a cidade já tinha escola de samba desde 1946. parabenizao o autor plea pesquisa e acho que ele já poderia ter lançado um outro livro, com as atualizações.

FRED

Anônimo disse...

Que coisa louca!!!!
Não sabia da exist~encia desse livro.
Mas agora emprestei do meu amigo Paulinho e tô terminando de L^-lo.
Fantástico! Não é uma obra bem acabada nas grades editoras, mas o conteúdo é maravilhoso!!!!
Vlw Simão ´pelo recado. Valw Daniel pela obra, mano!
Sidney Costa

Millennium Shopping disse...

Gostaria do contato do Daniel Sales