quarta-feira, fevereiro 24, 2016

Bom Dia, Jessica Beppler!


Eu sempre acompanhei muitas meninas que faziam esse tipo de trabalho. Achava incrível, sentia muita atração pelas fotos. Porém, não sabia exatamente como funcionava e o que precisava fazer para começar.


Juntando o fato de que eu não ligo pra opinião alheia, acabei aceitando o primeiro convite. E depois dele, nunca mais parei. É muito divertido o momento em que estamos fotografando, e sempre acabo criando um laço forte de amizade com fotógrafos e meninas que fotografam comigo.


O nu é libertador, é uma sensação única! Me sinto linda, um momento só meu! Durante as fotos não enxergo ninguém, nem mesmo o fotógrafo.


Não consigo ver nudez como uma forma de tabu. Pra mim, é algo tão natural quanto andar de roupa. Acho que isso ajuda muito no desenrolar do ensaio.


O mais legal é saber que meu trabalho encoraja meninas que talvez não explorassem esse lado por vergonha ou medo de serem julgadas. Fico muito feliz em poder colaborar com isso.


Não há nada de errado em expor seu corpo como veio ao mundo. Faz parte de quem você é e, na maioria das vezes, não está ligado ao erotismo.


A pele que cobre meu bumbum/seios é a mesma que cobre todo o resto do corpo e não as distingo como “aceitáveis” ou não.



Vê maldade apenas quem quer.  




















Fonte: http://papodehomem.com.br/18-bom-dia-jessica-beppler/

Um comentário:

Edson Fernandes disse...

Parabéns pelo trabalho. Modelo linda e o texto foi bom também.